Logo

Revista Brasileira de Tecnologia e Negócios de Petróleo, Gás, Petroquímica, Química Fina e Indústria do Plástico

Garrafa comestível vira alternativa para futuro do planeta

Data: 06/04/2018 14:37

A embalagem, biodegradável, tem uma textura de uma capa de gel, maleável, e possui apenas elementos orgânicos. O material criado por meio do Skipping Rock Labs pode ser usado para outros tipos de garrafas, fracos até pratos.

A água se combina com um tipo especial de algas e cálcio para congelar rápido. Uma vez descongelada, a membrana (que é o recipiente) permanece sólida e fica com uma estrutura similar a uma bola de gel. Frutas foram a inspiração principal, pois a maioria delas é composta de membranas que armazenam muito líquido dentro.
 

Caso não queira comer a garrafa, o consumidor pode colocá-lo para reciclagem, sem risco de contaminação.

A produção custa US$ 0,15 (cerca de R$ 0,55), mas os criadores buscam uma forma de aperfeiçoar a embalagem (e, provavelmente, barateá-la) antes de começar uma fabricação em massa para ser distribuída. 

www.tnpetroleo.com.br