Logo

Revista Brasileira de Tecnologia e Negócios de Petróleo, Gás, Petroquímica, Química Fina e Indústria do Plástico

Integração e entusiasmo marcam a primeira participação voluntária da Trilha Empreendedora

Data: 11/06/2018 15:40

Ao longo do mês de junho, eles terão a experiência de orientar alunos do segundo ano das 11 escolas de ensino médio inovador do Rio de Janeiro que participam dessa etapa do projeto, utilizando como base a metodologia da Associação Junior Achievement.

A colaboradora da Chevron, Natália Silva, fez sua estreia como voluntária no CIEP 092 – Federico Felllini, na Zona Norte do Rio, com apoio da professora Graziela Moreira. Uma experiência marcante para quem batalhou muito para construir sua trajetória profissional.

“Sempre quis participar de um trabalho voluntário em que eu tivesse a oportunidade de falar um pouco sobre as minhas experiências profissionais. Sempre estudei em escolas e universidades públicas, venho de uma família de baixa renda e com poucos recursos. No voluntariado tive a grata surpresa de poder compartilhar com alunos do bairro vizinho onde passei a minha infância, na Zona Norte do Rio de Janeiro, a experiência de crescer no mesmo lugar que eles e ter conseguido me formar e estar empregada”, disse Natália. 

Paulo Matheus, colega de trabalho de Natália, também aprovou a experiência. “Ver que, de alguma forma, você pode fazer a diferença na vida de alguém é algo que não tem preço. A sensação que fica é de satisfação por dar um retorno mais visível para o desenvolvimento de uma sociedade melhor para todos nós. Após ter participado pela primeira vez de um programa como este, a certeza que fica é de que outros virão”.

Na edição 2018, a Trilha Empreendedora atenderá alunos do 1° e 2° ano do ensino médio, com uma sequência estruturada de programas nos eixos de empreendedorismo, educação financeira e preparação para o mundo do trabalho da Junior Achievement. Os programas são aplicados pelos professores, com apoio de voluntários de 14 empresas do setor de óleo e gás, associadas ao IBP (Aker Solutions, BP, Chevron, Ipiranga, Petrobras, QGEP, Repsol Sinopec, Equinor, Shell, Wilson Sons, Total, Weatherford, Karoon e Supergásbras).

“Falar de educação e de trabalho para esses adolescentes é também falar de esperança. Ter a oportunidade de compartilhar das conversas na sala dos professores foi também reconhecer o trabalho desses profissionais que, muito além de professores, são educadores comprometidos em apresentar as oportunidades infinitas que esses alunos têm pela frente. Enfim, foi uma experiência que pretendo repetir e que indico a todos”, afirma Natália.

Neste primeiro semestre, será aplicado o programa Conectado com o Amanhã, que possibilita aos alunos um momento de reflexão sobre o futuro, oferecendo perspectivas de carreiras e informações sobre as competências comportamentais desejadas no mundo de trabalho. A estrutura do programa conta com cinco encontros semanais, divididos por temas relacionados ao mercado de trabalho que se complementam. 

Também faz parte do Projeto o programa “Vamos falar de Ética”, que leva os jovens a refletirem sobre os benefícios de uma conduta ética em suas vidas, tanto no âmbito pessoal como profissional -, contribuindo para uma melhor compreensão de seu papel como cidadãos.

No segundo semestre, os voluntários voltarão às salas de aulas das escolas que participam do Trilha Empreendedora 2018, para aplicar mais dois programas: Habilidades para o Sucesso, focado no aprendizado de habilidades para buscar e se capacitar para um emprego; e o Empresário Sombra por um Dia, que dá oportunidade aos estudantes de vivenciar a rotina de trabalho de um profissional da área de seu interesse. 

"A mobilização de mais de 100 pessoas de diferentes empresas nessa segunda edição do Trilha Empreendedora reflete o trabalho de anos das companhias na conscientização da Responsabilidade Social na gestão dos negócios. A grande surpresa, porém, ficou a cargo da sinergia entre funcionários de empresas concorrentes em uma causa de grande importância social", disse Carlos Victal, Gerente de Sustentabilidade do IBP.

Este ano, a Trilha Empreendedora pretende impactar 2.300 alunos da rede pública estadual, beneficiando 24 escolas em 10 municípios do estado. Saiba mais em: jarj.org.br/trilha-empreendedora.

www.tnpetroleo.com.br